30/05/2006


PALMILHA DENTADA apresenta:

“O Manifesto da Amélia”
1 de Junho – Quinta
2 de Junho – Sexta
23h00min
Tertúlia Castelense


É obrigação da arte dar voz a quem não a tem. Aos sussurros que, mais do que ouvir, adivinhamos nas escuridões que habitam as catacumbas da nossa sociedade. Há uma vasta maioria silenciosa que, quando fala, fala baixo. Fala comedida e não é escutada. E nós dizemos: “Basta!”. Vamos dar voz à voz dos silêncios! Eles estavam renitentes... Mas nós obrigámo-los a falar! Rumsfeld teria orgulho em nós!

Textos: Ricardo Alves, Salgueirinho Maia e Rodrigo Santos
Encenação: Ricardo Alves
Interpretação: Ivo Bastos e Rodrigo Santos
Direcção Musical: Rodrigo Santos
Adereços e Figurinos: Ricardo Alves e Sandra Neves
Video e Operação Técnica: Dário Pais
Contra-Regra e assistêcia de palco: Verónica Rodrigues


info@palmilhadentada.com

info@tertuliacastelense.com

www.tertuliacastelense.com





A Amélia agradece a: Teatro Art'Imagem, Rivoli, Culturporto, Sola do Sapato e Isabel Abreu

5 comentários:

Anónimo disse...

É uma peça divertida feita por um grupo de teatro muito bom e com 2 actores excelentes!! Aconselha-se.

Anónimo disse...

«É esquisito não é? Um pouco de tinta gordurosa,uma bexiga, uns trapos carnavalescos - e não é preciso mais para uma pessoa se transformar em ninguém! É o que nós somos, ninguém. E ao mesmo tempo, toda a gente. Não é a nós que eles aplaudem, mas a eles próprios. Meu velho, tenho de me ir embora, mas antes deixa-me dizer-te uma pequena coisa que aprendi há pouco...Sermos nós próprios, unicamente nós próprios, é algo extraordinário. Mas como chegar a isso, como alcançá-lo? Ah!, eis o truque mais difícil de todos. Difícil, exactamente porque não envolve esforço. Tentas não ser isto nem aquilo, nem grande nem pequeno, nem hábil nem desajeitado...estás a perceber? Fazes o que te vem à mão. De boa vontade, bien entendu(...)o palhaço é um poeta em acção,ele é a história que desempenha.»

Henry Miller

Maria Papoila disse...

Olá!
Estive no Tertúlia no dia 1. Vi que o talento não ficou lá por Lisboa!
Agora fico à espera da próxima criação.
Vejam lá, da próxima vez, não joguem futebol em dia de actuação! ;))

Bondage disse...

Pois bem... eu vi-vos ontem e não resisti a dizer-vos que achei que têm ali algo fantástico e de uma mordacidade que...meus amigos!
Genial!
"SPAM", pra vocês também. :)

p.s. - confesso que fiquei apaixonada pelo Rodrigo Santos :)

Anónimo disse...

ai julieta...mais uma que ficou apaixonada pelos dois.