21/04/2006



Para que as minhas palavras não sejam incongruências sem rosto!

Sem comentários: